26 de março de 2009

Poesia vegetal...

Branca
Verde-mar
Azul céu
Cor de sangue
Vestida de escarlate
Ornada de ouro
Em forma de espada curva
De labiozinho ondulado
Língua de ametista
Concavidade púrpura

Aberta
Perfumada
Encrespada
Encapuzada
De chicote
Nua
Curvada em arco
Em forma de vaso
De lança
De leque
Enfeitada de fitas

Salpicada
Malhada
Ruborizada
De cheiro agradável
Que habita as pedras
Enganadora
Sublime
Digna de Amor

Estes versos, traduzidos do latim, são nomes de espécies da família das orquidaceaes. Vi no Almanaque Brasil.

5 comentários:

Juliana disse...

Olá

Achei seu blog muito legal!

Se vc quiser fazer troca de link com o blog "Desenvolvimento Sustentável" me avisa viu!

http://sustentavel-desenvolvimento.blogspot.com/Abraço

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL disse...

Oi Jeison
Agradecendo seu comentário lá no Desenvolvimento Sustentável.

http://sustentavel-desenvolvimento.blogspot.com/Também já colocámos o seu blog lá na Lista de Blogs.

Abraços

P.S - Enviei um email pra vc convidando para participar também no blog Desenvolvimento Susutentável, se vc quiser claro.

El Peruano disse...

esse alemão velho beijando as flor...

Érica Sena disse...

Acabei de conhecer seu blog..muito bom!!1
Eu tenho um blog ambiental tb: PENSAR ECO, É LÓGICO!
Se quiser ser parceiro entre no meu blog e pegue o banner.
Abs,

Érica Sena/ Pensar Eco
http://pensareco.blogspot.com/

Brasil Empreende disse...

Ola visitei seu blog e gostei muito e gostaria de convidar para acessar o meu também e conferir a postagem: “Brasil: o “País do Momento", e do outro lado…” Estamos realizando, também, enquetes e gostaríamos de contar com o voto de vocês.
Sua visita será um grande prazer para nós.
Acesse: www.brasilempreende.blogspot.com
Atenciosamente,
Sebastião Santos.